Imprensa Galeria de Fotos

ALEITAMENTO MATERNO, ESSE GESTO PODE SALVAR VIDAS. "Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação: hoje e para o futuro!"

28 de Agosto , 2019

ALEITAMENTO MATERNO, ESSE GESTO PODE SALVAR VIDAS.

"Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação: hoje e para o futuro!"

 

Estudos comprovam que a amamentação é capaz de salvar a vida de 13% das crianças, menores de 05 anos, em todo o mundo.

O mês de agosto é conhecido como Agosto Dourado, porque simboliza a luta pelo incentivo à amamentação. A cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno. É uma cor toda especial, que já percorre o mundo com o seu laço simbólico. São trinta dias, em que são celebrados a promoção, a proteção e o apoio ao aleitamento.

A história da Semana Mundial de Aleitamento Materno teve início em 1990, num encontro da Organização Mundial de Saúde com a UNICEF, momento em que foi gerado um documento conhecido como “Declaração de Innocenti”.

No Brasil, o Ministério da Saúde coordena a Semana Mundial de Aleitamento Materno desde 1999, sendo responsável pela adaptação do tema para o nosso país e pela elaboração e distribuição de cartazes e folders.

Este ano, o logotipo da Semana Mundial de Aleitamento Materno representa uma “tríade” de dois adultos e uma criança, o que reforça a importância do apoio social à amamentação.

Desta forma o município de Nova Guarita garantiu as gestantes, puérperas, mulheres e toda comunidade local a oportunidade de fazer parte dessas ações que estão prevista em 120 países. No Brasil todo território nacional está trabalhando pra fazer do Agosto Dourado uma ação de fortalecimento único pra mãe, criança e familiares, desta forma a equipe da Secretaria de Assistência Social e Saúde trabalharam em conjunto e arduamente para que a semana do dia 19 a 23 de Agosto se tornasse um divisor de águas para o nosso município.

Nesta semana o foco foi o aleitamento materno e a valorização com as crianças na primeira infância, nesta caminhada de levar informações tivemos também à participação do grupo NUCA (Núcleo de Cidadania dos Adolescentes) que compões a Comissão que trabalha realizando ações voltadas a nossa

comunidade, com objetivo de melhorar as condições de saúde, educação, cultura, esporte, enfim, estruturar, todo segmento que possibilite o desenvolvimento de nossas crianças e adolescentes, visando o credenciamento do Selo UNICEF. Baseando nesses alicerces e proposta de trabalho, a equipe da Secretaria de Saúde, Assistência Social, CRAS e NUCA realizaram teatros e ações com fantoches, trabalhando de forma lúdica vários temas com as crianças da Escola Municipal Pequeno Príncipe no período matutino e vespertino, houve palestras com a equipe técnica e multiprofissional com o grupo de gestantes, houve a eleição do “BEBÊ PREFEITO” e o encerramento com o evento na sexta feira dia 23 de Agosto no período noturno na Câmara de Vereadores com toda comunidade local.

A proposta de eleger o bebê PREFEITO tem como objetivo buscar um olhar diferenciado e valorização na primeira infância. É uma forma de fazer com que o poder executivo e legislativo abrace esse tema como uma de suas prioridades em busca de fortalecer ações e práticas de desenvolvimento para nossas crianças. A bebê prefeita eleita foi a última criança que nasceu antes do evento de encerramento, neste caso a bebê PREFEITA que está com a chave da cidade (simbólico) é a pequena Larissa, filha de Patrícia Bianchin e Gideone Martins dos Santos, que nasceu no dia 21 de Agosto de 2019.

Na noite de encerramento além da entrega da chave da cidade a pequena Larissa, foram realizadas palestra com a Dr. Francirene – Odontóloga e Enfermeira Elizângela, entrega de lembranças a todas as gestantes e puérperas que estavam no evento (almofadas para amamentação) e kits de higiene a todas as crianças menores de 01 ano. Enfim, foi uma noite maravilhosa, que fechou com chave de ouro uma semana em que todos os envolvidos não mediram esforços pra levar a nossa comunidade o que existe de melhor, atual, humano, ético e profissional.